Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Assis Chateaubriand

Acompanhe:

Aciac traz Auditor da Receita Estadual para prestar esclarecimentos sobre Nota Fiscal Eletrônica

Até janeiro de 2016, o tradicional cupom fiscal e a nota fiscal de venda ao consumidor serão substituídos pela Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e). O Governo do Paraná acaba de publicar em Diário Oficial a resolução 145, que estabelece a obrigatoriedade da adoção da NFC-e a todos os estabelecimentos de varejo do estado. São cerca de 203 mil empresas. Estão fora da exigência apenas os Micro Empreendedores Individuais (MEIs). No Brasil, praticamente todos os estados já usam a NFC-e.

            A resolução da Secretaria da Fazenda estabelece que a Nota Fiscal de Venda ao Consumidor em papel e o Cupom Fiscal emitido por equipamento ECF, devem ser substituídos pela Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica – NFC-e  para os contribuintes paranaenses enquadrados nos códigos da Classificação Nacional de Atividades Econômicas.

            O primeiro setor que terá que adotar a NFC-e é o de comércio de combustíveis. Para os postos o prazo começou dia 1º de julho de 2015. Na sequência, em 1º de agosto, vence o prazo para as lanchonetes, restaurantes, bares, livrarias, entre outros.

            Para lojas de automóveis, calçados, tecidos, bijouterias, entre outros, o prazo de implantação é 1º de setembro. Depois, em 1º de outubro, vence o prazo para relojoarias, joalherias, padarias, móveis, material de informática, entre outros.

            Já em 1º de novembro, vence o prazo para setores como vestuário e material de construção. Em 1º de dezembro é a vez das grandes magazines e lojas de departamento, entre outros. Por último, em 1º de janeiro, todos os supermercados, açougues e farmácias, entre outros, têm que aderir à NFC-e.

            No Paraná, o projeto piloto foi concluído em novembro. A fase de testes teve a participação de 72 empresas paranaenses de diferentes segmentos varejistas, que emitiram uma média diária de 525 NFC-e com validade jurídica. O tempo médio de autorização foi de 40 milésimos de segundos.

 

Auditor da Receita ministrará palestra de orientações e esclarecimentos

Pensando nos empresários de Assis Chateaubriand é que a Presidente da ACIAC – Sueli Barbiéri convoca a todos a participarem de importante palestra com o Auditor da Receita Estadual Vanderlei Pontes. A palestra será no próximo dia 10 de julho as 9 horas da manha na sede da ACIAC.

 




<< Voltar


<< Voltar


Cadastre-se em nossa newsletter